Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Pr. Saeed Abedini é um dos prisioneiros libertados pelo Irã

Preso desde setembro de 2012 acusado de apostasia, o pastor iraniano Saeed Abedini foi libertado pelo Irã juntamente com outros quatro prisioneiros, segundo a Agência de Notícias Fars. Saeed é iraniano, mas recebeu a cidadania americana e teria sido liberto em um acordo de troca de prisioneiros.

Desde 2009 o pastor vai ao Irã visitar sua família e compartilhar do evangelho. Na ocasião, foi preso e condenado a morte por apostasia. A pena foi convertida em 8 anos de prisão após o caso ganhar repercussão internacional com a campanha “Save Saeed”, lançada pelo Centro para Lei e Justiça dos EUA.

Saeed foi interrogado várias vezes pelas autoridades iranianas antes de ser preso, acusado de ter abandonado o islamismo e se tornado um cristão. O pastor, a esposa e os filhos estavam no Irã para trabalhar na construção de um orfanato cristão.

Antes de se converter Saeed foi treinado por um grupo muçulmano para ser um terrorista, mas na época teria entrado em depressão e conhecido o cristianismo em 2002. Após se casar com uma americana Saeed mudou-se para os EUA em 2005, onde morava desde então. Em 2008 foi ordenado pastor pela Associação Evangelística Americana.

Depois de ficar em prisão domiciliar no Irã, Saeed recebeu várias acusações que não foram explicadas publicamente. O pastor chegou a ser enviado para a pior prisão do país, onde se comunicava com a família através de cartas, narrando os piores momentos da reclusão.

Fonte: Verdade Gospel

Entre e receba as notícias do dia

Entre e receba as notícias do dia

VEJA MAIS +

DESCULPE,

MAS ESSE LOTE ESTÁ ESGOTADO!